Geral 12/07/2019 - 17:30 - CGE/Governo do Tocantins

Servidora da Controladoria é a terceira colocada no feminino 10 km do circuito “Bota pra Correr”

Cristina foi a terceira colocada no feminino 10 km na etapa do circuito realizada no Jalapão - Divulgação/Olympikus Cristina foi a terceira colocada no feminino 10 km na etapa do circuito realizada no Jalapão - Divulgação/Olympikus -
 Divulgação/Olympikus Divulgação/Olympikus -
Divulgação/Olympikus Divulgação/Olympikus -
Divulgação/Olympikus Divulgação/Olympikus -

A servidora da Controladoria-Geral do Estado (CGE), Cristina Araújo, conquistou o troféu de terceiro lugar geral feminino na corrida “Bota pra Correr Olympikus”, realizada no domingo, 7, no Parque Estadual do Jalapão, leste do Tocantins.  Ela foi a única atleta do Estado a subir no pódio, no percurso de 10 km, entre os 60 tocantinenses inscritos. A corrida registrou um total de 200 inscrições de várias partes do país.  

Além do troféu, a corrida teve um significado especial para a atleta. “Havia retornado há cerca de 20 dias de uma grave lesão no pé esquerdo, tendo ficado parada por quatro meses”, conta Cristina, que pelas condições também não havia treinado para a prova e chegou a cogitar não participar. “Chorei de emoção por ter largado e conseguido chegar na final da prova e ainda ter conquistado um lindo troféu com detalhes de capim dourado, típico do nosso Jalapão. Foi uma explosão de emoção nessa corrida.”   

Lotada na Diretoria de Ouvidoria, Transparência e Controle Social da CGE, a atleta tem uma rotina dura de treino todos os dias antes de ir para o trabalho. “Não é nada fácil, acordo todos os dias às 5h30min da manhã, de segunda a sábado. Sinto muitas dores e o desgaste físico é grande, mas é gratificante fazer o que amamos”, reforça.

Depois da prova, a rotina de treinos já recomeçou e com destino certo. “Vou participar do circuito Bota pra Correr, no Pantanal, no final de setembro”, disse a atleta, que busca patrocínio para essa corrida e para se aprimorar no atletismo e trazer novos troféus para o Tocantins. 

“Precisamos de mais exemplos positivos no esporte para incentivar mais pessoas a praticarem, pois promove a qualidade de vida e a saúde da população, além de destacar o nome do nosso Estado também nessa área”, enfatiza a atleta, que começou a correr em 2017, quando conquistou seu primeiro pódio e não parou mais. 
 
Valorização 
O secretário-chefe da Controladoria, Senivan Almeida de Arruda, ressalta o orgulho dos companheiros de trabalho com a conquista da servidora. “Para nós da Controladoria é uma grande satisfação termos uma atleta do nível da Cristina na nossa equipe. Temos muito orgulho da conquista dela e torcemos para que evolua cada vez mais”. 

O circuito Bota pra Correr, realizado pela Olympikus, foi organizado pela empresa Icons e contou com o apoio do Governo do Estado e da Prefeitura de Mateiros.