Geral 30/08/2019 - 15:36 - CGE/Governo do Tocantins

Dinamismo e diálogo marcam primeira visita do projeto Educação para a Transparência na Controladoria

IMG_20190827_110755804_400.jpg IMG_20190827_110755804.jpg -

A expressão controle social se tornou mais clara para a estudante Távilla Fernanda Lima Silva, de 15 anos, do Colégio Estadual Castro Alves, de Palmas. Ela é uma das participantes da visita à sede da Controladoria-Geral do Estado (CGE), na manhã desta terça-feira, 27, realizada através do Projeto Educação para a Transparência. Participaram também, estudantes do Colégio Estadual São José, da Capital. 

“Achei muito legal esclarecerem pra gente como funcionam os gastos públicos”, enfatizou a adolescente, após ouvir as explicações do gestor e de técnicos da Controladoria-Geral do Estado sobre o assunto, durante a ação do projeto promovido pela Controladoria, em parceria com a Secretaria da Educação, Juventude e Esportes (Seduc).

A programação foi aberta no auditório do órgão com a presença do secretário-chefe da Controladoria, Senivan Almeida de Arruda e da secretária da Seduc, Adriana Aguiar. Na ocasião, alunos do Colégio São José, do projeto Estudantes da Alegria, fizeram uma apresentação teatral que contextualizava o papel da Controladoria.  

Os adolescentes também assistiram a apresentações das atividades desenvolvidas pelo órgão. Após o momento das perguntas, a programação finalizou com visitas aos setores.

Reflexão

“É muito significativo aproximar os estudantes das atividades da Controladoria e levar a eles a reflexão de que são parte importante no processo da gestão pública, através do controle social. É uma semente que lançamos e que certamente já fará a diferença hoje ao perceberem que podem se manifestar sobre qualquer demanda referente aos serviços do Governo do Estado”, destaca o secretário.

A titular da Seduc, Adriana Aguiar, enfatizou a relevância da participação dos estudantes no acompanhamento dos investimentos do poder público. "Esta é uma oportunidade que os estudantes estão tendo de conhecer de perto como funciona a Controladoria, a ouvidoria, e de serem multiplicadores desses canais para que outros jovens possam também exercer o protagonismo, ajudando a fiscalizar, levando sugestões e exercendo a cidadania”, frisou.

 “O Projeto visa disseminar nos estudantes valores e padrões éticos de conduta na sociedade na qual estão inseridos, através de uma ação dialógica e interativa, apresentando-lhes os instrumentos disponíveis para o exercício da cidadania”, conclui também a diretora de Ouvidoria, Transparência e Controle Social da CGE, Juliana Gobbo de Oliveira, cujo setor é responsável pela iniciativa.

Participação

Também participaram das apresentações aos alunos no auditório e nos respectivos setores, o superintendente de Gestão e de Ações de Controle Interno, Benedito Martiniano da Costa Neto, a corregedora-geral de Pessoal, Simone e Brito e o gerente de Transparência e Controle Social, Lucas Sousa Luz. 

Da Seduc, também compareceram o responsável pela Unidade Técnica Executiva de Programas e Projetos Especiais em Educação e pelo Projeto Observatório dos Adolescentes, Marizan Carvalho Silva; o diretor do Colégio São José, Antônio José e a representante do Colégio Castro Alves, Sílvia Silva Siqueira.