Geral 27/09/2019 - 17:46 - Valdenice Rodrigues/Governo do Tocantins

Gestor da Controladoria participa da 32ª Reunião Técnica do Conselho Nacional de Controle Interno

A Controladoria foi um dos 50 órgãos de controle do país a terem representatividade na 32ª reunião A Controladoria foi um dos 50 órgãos de controle do país a terem representatividade na 32ª reunião - Comunicação Conaci
Encerramento do XV Encontro Nacional do Conselho, que antecedeu a 32ª reunião Encerramento do XV Encontro Nacional do Conselho, que antecedeu a 32ª reunião - Comunicação Conaci
Momento de agradecimento ao palestrante durante o XV Encontro Nacional do Conaci       Momento de agradecimento ao palestrante durante o XV Encontro Nacional do Conaci - Comunicação Conaci

O aprimoramento do Controle Interno do Brasil foi o tema central das discussões da 32ª Reunião Técnica do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), com a sigla RTC, que aconteceu nesta sexta-feira, 27, na cidade de Fortaleza (CE). A Controladoria-Geral do Estado (CGE), através do seu gestor, Senivan Almeida de Arruda, foi um dos 50 órgãos de controle de todo o país que estiveram representados no evento. Também participou a assessora jurídica do órgão, Ana Paula Fernandes Lima.

A representatividade do Governo do Tocantins na reunião fortalece os mecanismos de controle do gasto público, como destaca o secretário-chefe da CGE. “A oportunidade de debatermos coletivamente promove o intercâmbio de informações, a troca de experiências e a construção de estratégias conjuntas em favor da eficácia e da eficiência na aplicação do dinheiro público”, reforça o gestor.

 “A RTC é o momento do encontro presencial dos membros, em que são apresentadas ações práticas, projetos, cases de sucesso de membros e parceiros do Conaci para conhecimento e compartilhamento, bem como são deliberadas matérias de interesse comum do Conselho e dos membros”, comenta o presidente do Conaci, Leonardo Ferraz.

Gestão x Controle

Durante a reunião, foi proposta uma campanha de sensibilização aos gestores brasileiros, referente à percepção das atividades de controle interno, intitulada: “Não Existe Gestão sem Controle”. O objetivo, como informa o Conaci, é conscientizar os representantes dos municípios sobre a importância de um controle independente, com autonomia para apontar irregularidades e propor soluções. Nesta perspectiva, o Conselho propõe levar informações e soluções com o apoio da Controladoria-Geral da União (CGU), para todos os órgãos de controle interno do país.

XV Encontro Nacional do Conaci

A pauta da 32ª reunião somou-se ao XV Encontro Nacional de Controle Interno, também realizado na capital cearense, nos dias 25 e 26, com o tema “O Controle Interno como Instrumento de Aperfeiçoamento da Governança Pública”, do qual também participaram o gestor da CGE e a assessora jurídica do órgão.  (Com informações da ascom Conaci)